Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista Elite é sucesso absoluto em Maringá (PR)

Os melhores ciclistas do Brasil estiveram presentes em Maringá, no Paraná, entre os dias 30 de julho e 3 de agosto, para disputarem o Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista Elite 2014. A competição é a mais importante do calendário brasileiro e ainda distribui pontos para o ranking internacional. Ao longo dos quatro dias de competições, os atletas disputaram 19 títulos nacionais.

Foi uma verdadeira maratona de provas. O Brasileiro 2014 ficou marcado pelo alto nível que os atletas estabeleceram durante a competição. Outro fator que chamou a atenção foi o grande numero de atletas inscritos na categoria feminino, que superou os anos anteriores. Para o diretor do Departamento de Alto Rendimento da CBC, Francisco Florencio, esse crescimento não aconteceu por acaso, e atribui o resultado ao excelente trabalho que a confederação vem desenvolvendo no ciclismo feminino brasileiro.

“A confederação esta trabalhando com projetos voltados para o ciclismo feminino há bastante tempo. Hoje esse crescimento já aparece de forma mais clara e expressiva, confirmando os frutos deste trabalho da CBC. Nossa ideia é que cada vez mais o ciclismo feminino possa ganhar espaço e ser respeitado dentro do esporte. Além da quantidade, a maioria das atletas tiveram um ótimo desempenho no Brasileiro e estão de parabéns”, comentou Francisco.

Encerrando a programação, neste domingo (3), os ciclistas definiram os melhores nas provas de Keirin e Scratch. A rivalidade entre os principais atletas foi um dos atrativos que balançou a arquibancada do Velódromo. Na prova da Keirin Feminino, o duelo entre as ciclistas Alice Melo, Caroline Borges e Sumaia Ali arrancou aplausos da torcida que mais uma vez compareceu em peso para prestigiar os ciclistas. Alice Melo (Egide Seguro/Lidra/Americana) levou a melhor e ficou com a medalha de ouro, enquanto Caroline (Egide Seguro/Lidra/Americana) levou a prata e Sumaia (Funvic/São José dos Campos) o bronze.

Na Keirim masculino, o ciclista Davi Romeo, não tomou conhecimento dos adversários e com uma grande explosão apresentada no Sprint final, conquistou a sua segunda medalha de ouro na competição. A prata terminou com Leandro de Larmelina e o bronze com Rafael da Cruz. Já na prova de Scratch feminino, Janildes Fernandes, do Clube Fernandes de Ciclismo, garantiu a medalha de ouro e comemorou com muita emoção. Camila Coelho (Memorial/Santos) terminou em segundo lugar e Gimena Stocco (São Francisco/Ribeirão Preto) com o bronze.

“Passei por momentos difíceis no último ano, mas essa volta por cima me deixa extremamente feliz. É pura superação. Estou finalizando o brasileiro com mais uma medalha de ouro e certa de que a fase ruim já foi superada. Agora é preciso continuar treinando forte para tentar buscar uma vaga na seleção e representar o Brasil nas próximas competições internacionais e no Rio 2016”, declarou Janildes.

O comissário internacional da União Ciclística Internacional (UCI), Iverson Ladewig, elogiou o trabalho de toda a equipe de arbitragem e destacou o alto nível que as provas foram disputadas. “Acredito que a equipe de arbitragem esta de parabéns, assim como os atletas que tiveram um alto nível e disputaram provas excelentes. Estamos seguindo o caminho certo e acredito que a tendência é melhorarmos cada vez mais”, reforçou Iverson.

Trabalho consolidado

A equipe que se consagrou campeã geral da competição e voltou a ser destaque nacional foi a Memorial/Santos. Depois de uma excelente participação no Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista Junior, a equipe paulista voltou a brilhar na Elite do ciclismo nacional e encerrou a competição na primeira colocação acumulando 15 medalhas, sendo dez de ouro, 2 pratas e 3 bronzes. A segunda colocação ficou com a equipe Lidra/Americana, com 10 medalhas, seguida pela Funvic/São José dos Campos, com 9 medalhas.

O técnico da equipe Memorial, Claudio Diegues, enalteceu a importância dessa vitória e ressaltou que os resultados conquistados hoje retratam 15 anos de muito trabalho e dedicação. "Essa vitória representa a solidificação de um longo trabalho. São quinze temporadas, e no esporte agente sabe como é difícil conseguirmos manter uma equipe por uma, duas temporadas, imagina quinze. Então é uma alegria muito grande, eu só tenho a agradecer a todos os atletas, mesmo aqueles que não conseguiram medalhas, mas se doaram durante a competição e todos trabalhamos juntos para chegarmos a esse resultado. A união da equipe fez com que o resultado acontecesse. Outro fator que é preciso destacar é poder levar os resultados obtidos pela Elite para servir de motivação e referencia para a nossa garotada da categoria de base que serão os nossos futuros campeões", destacou Claudio.

Seleção Brasileira

Com o objetivo de avaliar e selecionar alguns atletas para participarem de um período de treinamentos com supervisão da Confederação Brasileira de Ciclismo.

“Avaliamos os atletas durante a competição e fiquei bastante satisfeito com os resultados que acompanhei. Selecionamos vários atletas para estarem passando o mês de agosto reunidos, treinando e fazendo avaliações com supervisão da equipe multidisciplinar da CBC. Esse período será fundamental para selecionarmos os melhores atletas para os próximos objetivos da seleção”.

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Pista Elite 2014 é uma realização e organização da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Paranaense de Ciclismo (FPC), patrocínio da Caixa Econômica Federal, apoio da Prefeitura Municipal de Maringá, através da Secretária de Esportes e Lazer, Unilife Vitamins, RPCTV, Rádio Mundo Livre, Santa Rita Saúde, Convention Visitours Bureau, Soverteria Gela Boca e Mercado Municipal.

 
 
   
Liga Santista de Ciclismo
Filiada.:
Tel.: (13) 99711-1779
E-mail: lsciclismo@lsciclismo.com.br
 
Desenvolvido por : Portal Weeb.com