Greipel vence a primeira no Tour
Alemão se aproveita da ausência de Marcel Kittel na chegada e triunfa na 6ª etapa da competição; camisa amarela segue com Nibali

Enfim o reinado de Marcel Kittel nas chegadas em sprint do Tour de France terminou. Nesta quinta-feira (10), um erro tirou o alemão da Giant-Shimano do pelotão que disputou a vitória. Isso abriu espaço para seu conterrâneo André Greipel, que impôs sua força física nos últimos metros e conquistou sua primeira vitória nesta edição.

Este foi o sexto triunfo do ciclista da Lotto-Belisol na história da grande volta francesa. Alexander Kristoff (Katusha) foi novamente o segundo colocado e Samuel Dumoulin (AG2R) o terceiro. Peter Sagan (Cannondale) foi o quinto e aumentou sua vantagem na classificação por pontos. O eslovaco tem 217 contra 137 de Coquard (Europcar), o novo vice-líder.

Relembre as demais etapas
5ª etapa - Chuva e pavés mudam a cara do Tour
4ª etapa - Kittel imbatível no Tour
3ª etapa - Kittel vence a segunda no Tour
2ª etapa - Nibali vence e assume a liderança
1ª etapa - Kittel é o primeiro camisa amarela

Já na classificação geral não houve altereções. Vincenzo Nibali (Astana) manteve-se seguro no pelotão durante toda a etapa, mantendo os 2s de vantagem sobre seu companheiro Jakob Fuglsang e os 44s sobre Sagan. Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) é o 18º a 2min37s da camisa amarela.

A 6ª etapa do Tour de France contou com 194 km entre Arras e Reims. No caminho, duas montanhas de 4ª categoria, ambas vencidas por Luis Mate (Cofidis) um dos quatro integrantes da fuga do dia. Os demais ciclistas que lideraram boa parte da prova foram Tom Leezer (Belkin), Jérôme Pineau (IAM) e Arnaud Gerard (Bretagne).

E a chuva que castigou os ciclistas no dia anterior voltou a trazer problemas ao pelotão. Foram vários acidentes ao longo do percurso e alguns abandonos. No principal deles, Jesus Hernandez, um dos gregários de Alberto Contador, precisou sair da prova. Outros que também não completaram o percurso foram Xabier Zandio (Sky) e Egor Silin (Katusha).

O dia foi também de lembrança aos combatentes da 1ª Guerra Mundial, que este ano completa 100 anos. O pelotão passou por importantes locais onde ocorreram batalhas como Somme e Chemin des Dames.

O pelotão assumiu a prova com 12 km para o final. Neste instante, a Omega Pharma, aproveitando-se do forte vento, acelerou o ritmo com Tony Martin e provocou alguns cortes no pelotão. Um dos ciclistas que sobraram foi Thibaut Pinot (FDJ), que perdeu 1min no dia.

Na chegada, a Giant-Shimano não conseguiu levar Marcel Kittel, que sobrou. Isso abriu espaço para diversos ciclistas disputarem o sprint. O primeiro a lançar um ataque foi Michal Kwiatkowski (Omega Pharma), mas o jovem polonês foi logo ultrapassado pelo pelotão e por André Greipel, que atacou a 150 metros da chegada e venceu com mais de uma bicicleta de vantagem.

O Tour prossegue nesta sexta-feira (11) com mais uma etapa plana. Serão longos 234,5 km entre Épernay e Nancy e duas montanhas de 4ª categoria no trecho final. O Prólogo faz o minuto a minuto a partir das 10h30.

Resultado 6ª etapa
1. André Greipel (Ale) Lotto-Belisol - 4h11min39s
2. Alexander Kristoff (Nor) Katusha
3. Samuel Dumoulin (Fra) Ag2r
4. Mark Renshaw (Aus) Omega Pharma
5. Peter Sagan (Esq) Cannondale
6. Romain Feillu (Fra) Bretagne
7. Tom Veelers (Hol) Giant-Shimano
8. Bryan Coquard (Fra) Europcar
9. Sep Vanmarcke (Bel) Belkin
10. Sylvain Chavanel (Fra) IAM

Classificação geral após 6 etapas
1. Vincenzo Nibali (Ita) Astana - 24h38min25s
2. Jakob Fuglsang (Din) Astana +2s
3. Peter Sagan (Esq) Cannondale +44s
4. Michal Kwiatkowski (Pol) Omega Pharma +50s
5. Fabian Cancellara (Sui) Trek +1min17s
6. Jurgen Van den Broeck (Bel) Lotto-Belisol +1min45s
7. Tony Gallopin (Fra) Lotto-Belisol +1min45s
8. Richie Porte (Aus) Sky +1min54s
9. Andrew Talansky (EUA) Garmin-Sharp +2min05s
10. Alejandro Valverde (Esp) Movistar +2min11s

Fonte: Prólogo

 
   
Liga Santista de Ciclismo
Filiada.:
Tel.: (13) 99711-1779
E-mail: lsciclismo@lsciclismo.com.br
 
Desenvolvido por : Portal Weeb.com