Brasileiro de Ciclismo de Pista conheceu os campeões de três provas nesta quarta (28)

Provas de Perseguição Individual também selecionou os melhores atletas para disputarem as finais na sexta (29) a partir das 9h
Os atletas começaram o segundo dia de competições no velódromo acelerando em busca de classificação para disputar as etapas finais da Prova de Perseguição Individual, que acontecerá nesta sexta-feira, 29 de maio. O principal destaque desta quinta ficou para as provas de Velocidade Individual, Perseguição por Equipes e Velocidade por Equipes, que conheceram os seus campeões nacionais.

Após seis provas realizadas, as equipes de São Paulo e Paraná aparecem como as principais favoritas. Ao todo são quatro medalhas de ouro para cada estado, comprovando o excelente trabalho que vem sendo realizado nas categorias de base. Cada prova do Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada e Pista Junior é disputada por seis categorias, sendo Infantojuvenil, Juvenil e Junior, para os naipes masculino e feminino.

Mostrando estar preparada para entrar na principal categoria do ciclismo brasileiro, a ciclista Elley Lais, 17 anos, que defende a equipe GRCE Memorial/Centro de Excelência/Santos na categoria Junior, já coleciona três medalhas e vem aparecendo como uma das revelações deste brasileiro. Apesar da pouca idade, Elley consegue enxergar as dificuldades que irá enfrentar no futuro e destaca a importância de conseguir resultados expressivos na principal competição do ranking nacional.

“É muito gratificante conseguir conquistar esses resultados no brasileiro. A competição esta sendo muito disputada, com um nível bem elevado e isso é importante para o ciclismo brasileiro. No próximo ano estarei subindo para a Elite, e tenho consciência que o ciclismo realmente só começa pra valer nesta categoria. Será uma transição bastante complexa, mas o nível das atletas e das competições de base no Brasil vem crescendo e isso acaba nos ajudando nesta fase de adaptação. Aproveito a oportunidade para agradecer o apoio da minha equipe e também minha companheira Luanna Lavelli que me ajudou bastante para esses resultados acontecerem”, declarou Elley.

Reconhecimento

Comemorando um resultado inédito nesta quarta-feira ao conquistar a medalha de ouro na prova de Perseguição por Equipes da categoria Junior Masculino (4.000 metros), os atletas Paulo Sergio, Roger de Melo, Bruno Gonçalves e Bruno Galvão, que defendem a equipe paranaense do Clube Maringaense de Ciclismo, não seguraram a emoção e fizeram a festa com a torcida após a vitória alcançada no final do dia contra a equipe Hidrorepell Tintas/FME/Bike Point, composta por Rodrigo dos Santos, Nathan Ribeiro, Eduardo Pini e Vitor Gonçalves, que finalizaram com a medalha de prata.

O técnico da equipe maringaense, Carlos Martinelli, comentou sobre os detalhes que são necessários para chegar a um resultado deste nível. “Essa foi uma vitória conquistada com muito suor. Estamos buscando esse resultado a vários e anos e tivemos que trabalhar especificamente durante meses para conseguir essa vitória. Os resultados que estamos conseguindo são frutos da sincronia que estamos buscando, através de um trabalho diferenciado e focado em pontos determinados. Todos os atletas têm os seus talentos individuais, mas o crescimento do conjunto fez toda a diferença. Também é muito importante lembrar e agradecer pela estrutura que a Prefeitura de Maringá disponibiliza para a nossa equipe, esse apoio também tem um papel fundamental para continuarmos evoluindo”, comentou Martinelli.

Nesta quinta, os ciclistas encaram o terceiro dia de competições enfrentando as finais das provas de Perseguição Individual, Prova por Pontos, Km Contra-Relógio e 500 metros Contra-Relógio, além de disputarem a classificação das provas de Keirin.

Por dentro das provas de Pista

Na prova de Velocidade Individual, os atletas começam fazendo uma tomada de tempo nos 200 metros finais da pista através de uma largada lançada (em movimento). Os tempos estabelecidos são utilizados para criar os confrontos das fases finais da prova. Mesmo os atletas eliminados na primeira etapa ainda brigam por classificação através das series de repescagem. A partir das quartas de final até a final, os atletas cometem entre si em duas baterias.

O Campeonato Brasileiro de Ciclismo de Estrada e Pista Junior é uma realização e organização da Confederação Brasileira de Ciclismo e Federação Paranaense de Ciclismo, com patrocínio da Caixa Econômica Federal e apoio da Prefeitura Municipal de Maringá, através da Secretaria de Esportes e Lazer, RPCTV, O Diário, Radio Mundo Livre e Unilife.


CATEGORIAS PARTICIPANTES
Categoria Júnior – Homens e Mulheres:
17 a 18 anos (nascidos em 1997 a 1996)
Categoria Juvenil – Homens e Mulheres:
15 a 16 anos (nascidos em 1999 e 1998)
Categoria Infanto-Juvenil – Homens e Mulheres:
12 a 14 anos (nascidos em 2002 a 2000)

ASSESSORIA DE IMPRENSA
CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE CICLISMO

 
   
Liga Santista de Ciclismo
Filiada.:
Tel.: (13) 99711-1779
E-mail: lsciclismo@lsciclismo.com.br
 
Desenvolvido por : Portal Weeb.com