46.882 KM É O NOVO RECORDE DA HORA FEMININO
GEORGE PANARA escreveu em 22/01/2016 sobre NOTÍCIAS
A australiana Bridie O’Donnell estabeleceu a nova marca da hora ao percorrer a distancia de 46.882 km no Adelaide’s Super-Drome, na Australia, nesta sexta-feira 22/01
Bridie O’Donnell se preparou ao longo de 12 meses para a tentativa de estabelecer uma nova marca para o recorde da Hora – foto: Getty Images Sport

Aos 41 anos de idade a Bridie O’Donnell superou em 608 metros a marca e estabelecido há quatro meses pela estadunidense Molly Shaffer Van Houweling, no velódromo de Aguascalientes, no México. A distancia de 46.882 km pedalados em uma hora é a nova referência do ciclismo feminino.

O desafio da quebra do Recorde da Hora de O’Donnell era parte integrande do programa do Santos Tour Down Under, prova de abertura do calendário UCI world tour. Para preparar o público presente os velocistas da seleção australiana de pista disputaram algumas provas de exibição, até a entrada de O’Donnell na pista.

“Tudo isso não seria possível sem essa torcida….” comemorou a ciclista ao estabelecer o novo recorde da hora feminino – foto: Getty Images Sport

Bridie O’Donnell já disputou três mundiais de Estrada e fez doze pódios no Campeonato da Austrália e Oceania na última década. Ex-campeã de contra-relógio e com pequena experiência na pista soube trabalhar, com 30 minutos ela estava dentro do tempo determinado pela sua equipe. Aos 50 minutos estava acima das projeções, porém nos 10 minutos finais os tempos a cada volta começaram a oscilar, sem com isso comprometer a meta estabelecida.

O’Donnell após estabelecer o recorde declarou: “Tudo isso não teria sido possível sem toda essa torcida e equipe que me apoiou durante todo o projeto. Eu não posso acreditar que eu quebrei um recorde mundial … Eu tentei não pensar sobre os meus sentimentos. Ontem eu estava muito nervosa. Hoje as pessoas me tranquilizaram, dizendo-me que estava dentro do ritmo. Tentei focar nisso e não me distrair com qualquer outra coisa “. Em tom de desabafo deu uma cutucada em quem não acredita que ela conseguiria enfrentar o desafio num velódromo: “É evidente que eu não sou a melhor ciclista de pista do mundo, você viu hoje à noite, mas é muito mais sobre ter crença na sua capacidade, e em sua consistência, e nos sabíamos de todos os números que tínhamos dos treinamentos, eu sabia que era capaz de fazê-lo, e se eu fiz direito é porque não sou uma idiota”.

O presidente da UCI, Brian Cookson, acompanhou o evento no velódromo de Adelaide e comentou: “Esta é uma ocasião muito especial, com Bridie estabelecendo um novo recorde aqui na frente dos fãs do ciclismo, ao lado de alguns dos melhores sprinters de pista da Austrália que estarão nos jogos do Rio 2016. Coincidindo com o inicio da temporada worldtour, estes eventos completam uma semana maravilhosa para o nosso esporte”.

   
Liga Santista de Ciclismo
Filiada.:
Tel.: (13) 99711-1779
E-mail: lsciclismo@lsciclismo.com.br
 
Desenvolvido por : Portal Weeb.com